06 jul 2017

Arte em trânsito

Se meu Fusca falasse

por

Encontrei este livro por acaso, caminhando na loja de souvenires da Pinacoteca de São Paulo — a rigor, trata-se de um catálogo de uma exposição realizada em 2013.  Impossível passar pela imagem insólita, que fez parte da mostra, e não parar para tentar entendê-la. Na verdade, ela fala por si. Quem está sobre o Fusca é o fotógrafo domenicano Jesús Natálio Puras Penzo, conhecido como Apeco.

Autodidata, o artista se inspirava em cenas cotidianas para realizar o seu trabalho. Talvez essa imagem seja uma exceção, porque, convenhamos, de cotidiano não há nada… Esse flagrante foi feito por um observador desconhecido, mas foi o suficiente para virar uma obra de arte. Mérito, claro, do Fusca, que estava li servindo de apoio para Apeco sair bem na foto.

Vida longa ao Fusca, que, por sinal, celebrou o seu dia em 22 de junho, data em que foi autorizada a produção do veículo em 1934.

Fusca, todo cheio de si em mostra na Pinacoteca de São Paulo, em 2013 (foto: divulgação)

*Arte em trânsito traz imagens da arte no carro e do carro na arte.

Siga o Car & Fun pelas redes sociais de Chico Barbosa:

Facebook: @chico.barbosa.oficial
Instagram: @chico.barbosa
Twitter: @chico_barbosa